O que é a falta de ar?

A respiração é uma função corporal vital que garante que todas as células têm oxigénio suficiente para sobreviverem e que o dióxido de carbono tóxico é eliminado. A respiração eficaz requer pulmões saudáveis para realizar as trocas gasosas, assim como a atividade funcional de diferentes grupos musculares que permitem que o ar seja inspirado e expirado dos pulmões. Este processo ocorre principalmente de forma passiva, mas também pode ser controlado de forma consciente. Qualquer problema com este processo pode provocar falta de ar, o que pode significar um problema grave que necessita de assistência médica imediata.

O que provoca a falta de ar e de que forma é que está relacionada com as doenças neuromusculares?

Os problemas respiratórios podem ter uma ampla variedade de causas mais comuns do que uma doença neuromuscular. A falta de ar repentina pode ser provocada por condições de risco de vida, como um problema cardíaco ou um ataque de asma, e pode requerer assistência médica imediata.

A falta de ar a longo prazo está mais frequentemente relacionada com um problema nos pulmões, mas qualquer problema que afete o funcionamento dos músculos relacionados com a respiração também pode causar graves problemas respiratórios. Há três grupos musculares principais envolvidos na respiração: o diafragma, músculos intercostais e abdominais.

Em várias doenças neuromusculares, a fraqueza dos músculos respiratórios pode indicar um grave problema de saúde. Tal ocorre muitas vezes em estados avançados do desenvolvimento da doença, mas também pode ser um dos primeiros sintomas que indica que a pessoa deve obter ajuda médica, tal como na doença de Pompe.

De que forma é que a falta de ar se manifesta nas doenças neuromusculares?

Nas doenças neuromusculares, os músculos envolvidos na respiração podem ficar cansados e fatigados causando uma respiração débil. Tal pode ser mais notório na posição deitada, uma vez que os músculos têm um maior esforço nesta posição. Os músculos responsáveis por manter abertas as vias respiratórias também podem ter dificuldade em funcionar de forma eficaz, o que causa interrupções na respiração durante o sono, um problema designado como apneia do sono. Este problema pode resultar em vários sintomas, como dores de cabeça matinais e alterações de humor, que não são normalmente atribuídos a fraqueza muscular.

Alguns sinais de falta de ar provocados por fraqueza muscular podem ser:

  • Falta de ar agravada em situações de esforço ou descanso
  • Dificuldade em respirar na posição deitada
  • Dificuldade em respirar à noite
  • Ressonar, respirar de forma ofegante ou engasgar-se durante a noite
  • Dores de cabeça matinais
  • Dificuldade de concentração
  • Cansaço durante o dia
  • Tosse fraca

A falta de ar é um sintoma comum de várias doenças e é pouco provável que seja resultado de uma doença dos músculos proximais. Se está a sentir algum sintoma, incluindo falta de ar, que lhe cause preocupação, deve marcar uma consulta para falar com o seu médico. Analise todos os sintomas e a melhor forma de os comunicar ao seu médico.

Curioso acerca dos seus sintomas

Verifique os seus sintomas

Voltar a todos os sintomas Imprimir esta página

 

Lista de sintomas

Investigue alguns dos sintomas das doenças dos músculos proximais e descubra mais sobre algumas das diferentes formas como que se podem manifestar.

Doenças neuromusculares

Existe um amplo conjunto de doenças que podem afetar os músculos proximais. Conheça alguns exemplos e descubra como podem estar relacionadas.

Crie o seu relatório
de
sintomas

Compreender os seus sintomas, bem como a forma como estes possam estar relacionados, pode ser importante para, juntamente com o seu médico, chegar a um diagnóstico

Preencha o nosso questionário para obter informações relevantes para si e crie um relatório personalizado que pode utilizar para discutir os seus sintomas com o seu médico.

Iniciar